ANUNCIE AQUI 01

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 02

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 03

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 04

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 05

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

Ana Graziella ainda não entregou informações à transição de Flávio Dino


transicao
Uma semana após requerer informações ao governo Roseana Sarney, a Equipe de Transição anunciada pelo governador eleito Flávio Dino ainda não recebeu nenhuma das informações solicitadas. Os dados foram requeridos por meio de ofício entregues à atual chefe da Casa Civil pelo coordenador da equipe de governo Marcelo Tavares, em reunião no Palácio dos Leões.
A lista de pedidos inclui dados sobre a atual situação administrativa e financeira do Estado, sobre os orçamentos de 2013 e 2014, relatório da Lei de Responsabilidade Fiscal de 2014, dívida pública do Estado, bem como sobre os principais programas e obras executados por cada secretaria.
Todos os documentos são fundamentais para que o próximo governador e sua equipe conheçam a fundo a máquina administrativa. Saber sobre a folha de pagamento, a estrutura dos órgãos administrativos e dos contratos vigentes a partir de 2015 será fundamental para que a população maranhense não seja atingida com a troca de Governo.
A ideia da equipe de transição do governador eleito pretende ter acesso à real situação do governo, a fim de planejar primeiros dias de governo sob nova administração.
A contar pelas declarações dos dois coordenadores da transição, Marcelo Tavares (designado por Flávio Dino) e Anna Graziella (representando Roseana Sarney), a transição será feita de forma democrática. Graziella declarou, inclusive, que pretende estabelecer procedimentos mais transparentes possíveis.
Mas, por enquanto, vai ficando só nas declarações…

Do: http://marrapa.com/

DILMA E AÉCIO ESTÃO EMPATADOS, APONTA PESQUISA CNT/MDA.

Os candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) aparecem empatados tecnicamente no segundo turno das eleições para a Presidência da República, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira. Segundo os dados da pesquisa, a petista aparece numericamente à frente do tucano, com 45,5% contra 44,5%.

Ainda de acordo com os dados, 5,7% dos entrevistados optaram pelo voto nulo ou em branco e 4,3% não souberam responder.

Considerando apenas os votos válidos, a pesquisa apontou Dilma com 50,5% da preferência dos eleitores e Aécio, 49,5%.

Para a realização do levantamento, foram entrevistadas 2.002 pessoas de 137 municípios de 25 unidades de Federação, entre os dias 18 e 19 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-01139/2014.

A pesquisa, que estava marcada para ser divulgada às 11h desta segunda-feira, foi divulgada com atraso porque o site do CNT ficou fora de ar por alguns minutos.

Fonte: Jornal Pequeno
Rebelde Solitário
Eleições 2014
Edmilson Moura.

Bomba, Bomba e Bomba! Novatos já articulam CPI da Saúde para enquadrar Ricardo Murad


CPI da Saúde
Há uma grande movimentação de um grupo de deputados novatos, que articula a CPI da Saúde para estourar no começo do próximo ano.

Blog do Luís Pablo apurou que esse mesmo grupo tem fechado apoio em torno da candidatura do deputado eleito Humberto Coutinho para Presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão, com a garantia de conseguir aprovar a CPI da Saúde.
O objetivo dos novos parlamentares é de enquadrar o secretário Ricardo Murad, que será convocado para explicar os contratos milionários realizados com Organizações Não Governamentais (ONGs) e a fortuna que foi gasto para construir os hospitais do Estado.
Secretário Ricardo Saúde
Secretário Ricardo Saúde
Para aprovar a CPI, os novatos têm recebido o apoio dos deputados reeleitos, que sofreram para buscar a reeleição lutando contra a estrutura da Saúde que elegeu dos parlamentares.
A CPI da Saúde poderá resultar ainda, em uma provável cassação de mandato de uma deputada e um deputado, agraciados com a “ajuda” de Ricardo Murad.
Mas, toda articulação da CPI vai depender também da auditoria que o Governo Flávio Dino deverá realizar na pasta de Murad.
A bomba vai estourar. Anotem!

Do: http://luispablo.com.br/

CAOS NO TRÂNSITO E ABANDONO DO GINÁSIO DA COHAB I EM BACABAL-MA SÃO MOTIVOS DE PREOCUPAÇÃO PARA O VEREADOR ROGÉRIO SANTOS.

O vereador Carlos Rogério Santos Silva (PPS) fez tramitar na última sessão da Câmara Municipal de Bacabal duas proposições que mostram a sua preocupação com o atual momento administrativo por qual o município passa. O parlamentar do Partido Popular Socialista quer que sejam implantadas medidas urgentes que implementem mudanças no trânsito de Bacabal, sugerindo até uma audiência pública para debater o problema, assim como a imediata recuperação do Centro Poliesportivo Governador José Reinaldo Tavares, localizado no Bairro da Cohab.

Indicação de Rogério Santos que será encaminhada Diretor da GUARDA MUNICIPAL  ou Departamento Municipal de Trânsito de Bacabal (DMT). Sr. Iderlan Santos, solicita que o mesmo que providencie, de forma urgente e imediata, a recuperação de todo o sistema de sinalização de trânsito da cidade nas vertentes vertical e horizontal, assim como a inversão de mão e contramão, liberação de estacionamento, de diversas ruas de nossa cidade.

Solicita também a colocação de pelotões da Guarda Municipal de Trânsito em pontos de estrangulamento de tráfego em horário de pico, entrada e saída de alunos das universidades e faculdades, escolas federais, estaduais e municipais, sempre nas portas destes estabelecimentos de ensino, e em setores estratégicos, a exemplo da confluência das ruas Frederico Leda e Osvaldo Cruz, próximo ao Colégio Urbano Santos.

Ele justifica a proposição explicando que “é iminente o perigo de uma grave tragédia vir a acontecer no conturbado trânsito de Bacabal em razão da deterioração do sistema de sinalização vertical e horizontal onde as faixas de segurança já não existem, as placas estão em sua grande maioria destruídas e os sinais luminosos ou estão desligados ou, funcionando de forma incorreta. As portas e proximidades das escolas também são pontos de extremo perigo, com veículos automotores estacionando em vila dupla e cometendo várias outras infrações. O controle do trânsito em vias como as citadas nesta indicação também contribuirá em muito para a tranquilidade de motoristas e transeuntes”.

Em requerimento aprovado por unanimidade por seus pares Rogério Santos pede ao Prefeito Municipal de Bacabal, José Alberto Oliveira Veloso, a imediata realização de obras de completa recuperação da infraestrutura no Centro Poliesportivo Governador José Reinaldo Carneiro Tavares, localizado no bairro Cohab I, incluindo a praça de alimentação, a área de lazer, a quadra de areia e o campo de futebol soçaite, inclusive com total revisão hidráulica e elétrica, além da colocação de brinquedos para crianças na área de lazer transformando-a em um playground.

Ele justifica o pedido dizendo que “o Centro Esportivo Governador José Reinaldo Carneiro Tavares e a principal área de lazer e entretenimento para as comunidades moradoras dos bairros Cohab I, II e III, além da Cohabinha, Alto da Assunção e São Raimundo, e, um dos principais polos de entretenimento da cidade de Bacabal, sendo desnecessário falar da sua importância para o bem estar de nossa população. É desnecessário, também, falar do estado de má conversação e de abandono em que o centro se encontra e da sua imediata necessidade de recuperação”.

Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Bacabal-MA.
Edmilson Moura.

AÉCIO PRECISA DE FEITO INÉDITO PARA VENCER DILMA NO 2º TURNO.

Em 16 de outubro de 2014 • 09h16 Atualizado em 17 de outubro de 2014 ás 12:00 

Eduardo Vasconcelos
Direto de São Paulo

Candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, precisa de um feito inédito para vencer a disputa contra Dilma Rousseff (PT) pelo Palácio do Planalto. Nos duelos entre PSDB e PT pela Presidência, nunca o candidato que ficou em segundo lugar no primeiro turno da eleição virou o jogo no segundo turno.

A seu favor, Aécio tem o fato de que, desde que Fernando Henrique Cardoso (PSDB) deixou a Presidência, nunca as pesquisas de intenção de voto para o segundo turno tinham apontado empate técnico entre um tucano e um petista na corrida eleitoral – José Serra (PSDB), que concorreu em 2002 e 2010, e Geraldo Alckmin (PSDB), candidato em 2006, sempre estiveram atrás de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff nos levantamentos.

Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi eleito em 1994 e 1998 para a Presidência no primeiro turno; Luiz Inácio Lula da Silva (PT) o sucedeu, derrotando os tucanos José Serra, em 2002, e Geraldo Alckmin, em 2006, no segundo turno

Na semana passada, pesquisas Datafolha e Ibope mostraram Aécio Neves e Dilma Rousseff em empate técnico, com o tucano com 46% das intenções de voto e a petista, 44%. Levando em conta apenas os votos válidos – ou seja, sem brancos, nulos e indecisos –, Aécio aparece com 51% e Dilma, 49%. Como a margem de erros dos dois levantamentos é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, os candidatos aparecem em empate técnico.

Na segunda-feira dia 13 de outubro de 2014, a pesquisa Vox Populi também apontou empate técnico entre os dois candidatos. Desta vez, porém, Dilma aparece com 45% das intenções de voto, contra 44% de Aécio. Levando em conta apenas os votos válidos, a candidata à reeleição tem 51% e o candidato de oposição, 49%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, registrando mais um cenário de empate.
Em sua segunda campanha à Presidência, José Serra (PSDB) foi derrotado por Dilma Rousseff (PT), em 2010, até então novata em disputas eleitorais.

De acordo com as pesquisas, essa deve ser a eleição mais disputada entre os dois partidos. Em 1994 e 1998, Fernando Henrique Cardoso foi eleito no primeiro turno. Nas disputas de 2002, 2006 e 2010, a presidência foi decidida no segundo turno, sempre com as pesquisas indicando vantagem petista sobre o candidato tucano. Além disso, o PSDB nunca teve um resultado tão alto como com Aécio.

2002
Em 2002, a primeira pesquisa Datafolha sobre intenção de voto para o segundo turno da eleição apontava Lula com 64% dos votos válidos e Serra com 36%. Essa diferença nunca chegou a cair. Lula, aliás, conseguiu ampliar a vantagem para 66% ante 34% de Serra.
Geraldo Alckmin (PSDB) concorreu à Presidência em 2006 e, apesar de ter tido um desempenho melhor do que José Serra em 2002, acabou derrotado por Lula no segundo turno

Apesar de o Ibope apontar queda de Lula nas três pesquisas no segundo turno (66%, 65% e 62%), Serra em nenhum momento conseguiu atingir 40% dos votos válidos (34%, 35% e 37%). Na ocasião, Lula venceu a eleição com 61,2% dos votos, ante 38,7% do tucano.

2006
A primeira pesquisa Datafolha para o segundo turno das eleições de 2006 indicava uma disputa mais apertada de Lula contra Geraldo Alckmin. No primeiro levantamento, o petista aparece com 54% dos votos válidos, ante 46% do tucano. Nas demais pesquisas, Lula registrou oscilação positiva, com o último levantamento apontando o petista com 61% dos votos válidos.

Segundo o Ibope, Lula começou o segundo turno com 57% dos votos válidos, oscilando para 62% e, depois, 61%. O petista foi reeleito com 60,8% dos votos, contra 39,1% de Alckmin.

2010
De volta a uma eleição presidencial, José Serra obteve em 2010 mais votos do que em 2002, mas não o suficiente para derrotar Dilma Rousseff, novata em disputas eleitorais. A sucessora de Lula obteve 56% dos votos no segundo turno contra 43,9% de Serra.
Saiba Mais
Naquele ano, o Datafolha sempre apontou Dilma com vantagem sobre Serra no segundo turno. A petista oscilou de 54% (primeira pesquisa) para 55% (última pesquisa), atingindo o pico de 56% quatro dias antes da eleição.

O primeiro levantamento do Ibope indicava uma disputa mais acirrada, com Serra com 47% dos votos válidos, e Dilma, 53%. A diferença, no entanto, oscilou a favor da petista, que alcançou 57% dos votos válidos, segundo o Ibope.

Fonte: TERRA
Rebelde Solitário
Eleições 2014
Edmilson Moura.

A CHARGE DO DIA...

Por: Francisco Mauro.
Edmilson Moura.

GOVERNO ROSEANA CORTA ORÇAMENTO DE PRESÍDIOS PARA SUCESSOR.

Publicado em 16.10.2024 ás 10:24 Atualizado ás 12:00 horas 

Carlos Madeiro
Do UOL, em São Luís

Em meio à crise no sistema prisional, o governo do Maranhão enviou proposta à Assembleia Legislativa para cortar em 10% o orçamento da Secretaria de Estado da Justiça e Administração Penitenciária em 2015, quando o governo passará às mãos da oposição pela primeira vez após meio século.

O maior atingido com a medida deve ser o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, que registrou 19 mortes neste ano e sofre com denúncia de corrupção de diretor, fugas e rebeliões. O local é dominado por facções criminosas.
Ao fim do mandato, Roseana Sarney vai repassar o governo com uma onda de violência também fora dos presídios.

A redução proposta vem em meio à transição de governo, que passará às mãos de Flávio Dino (PCdoB) a partir de 1º de janeiro de 2015. No dia 5 de outubro, ele derrotou o senador Edison Lobão Filho (PMDB), que era apoiado pela governadora Roseana Sarney (PMDB).

Preocupação

Para 2015, o novo governo do Estado contará com R$ 15 milhões a menos no orçamento em relação a este ano –caindo de R$ 149 milhões para 134 milhões. O valor proposto causou protestos do novo governo eleito.

Segundo o deputado estadual e já nomeado para a Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), o novo governo recebeu o corte com preocupação. “É um problema grave no Estado e temos de enfrentar isso prontamente a partir de 1º de janeiro. Vamos tentar resolver isso na tramitação do projeto, negociando com a bancada”, disse.

“Foi uma surpresa essa redução na área. Mesmo que diminua o custo das obras, terá aumento do custeio, tem manutenção. Os gastos tendem a aumentar. Temos de ver com detalhes e saber o que está acontecendo de errado”, afirmou.

Sobre o orçamento de 2015, o governo do Maranhão se limitou a dizer ainda está “em discussão” e não comentou a proposta de redução encaminhada ao Legislativo.

Fonte: Do UOL, em São Luís
Edmilson Moura.

LULA REBATE AÉRCIO E DIZ QUE NUNCA CONVIDOU ARMÍNIO FRAGA A FICAR NO BC

Depois do debate na BAND realizado nesta terça feira dia 14 de outubro de 2014, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva(Lula) divulgou nota oficial nesta quarta-feira dia 15 de outubro de 2014, negando uma afirmação de Aécio Neves, candidato à presidência pelo PSDB, de que o petista teria pedido que Armínio Fraga permanecesse como presidente do Banco Central mesmo após a saída de Fernando Henrique Cardoso, em 2003.

Presidente do BC durante o segundo mandato de FHC (1999-2002), Armínio Fraga foi apontado por Aécio como futuro ministro da Fazenda caso o tucano se eleja presidente. Depois do anúncio, Fraga se tornou um dos principais alvos na propaganda eleitoral da candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT).

No debate desta terça-feira dia 14 de outubro de 2014, na TV Bandeirantes, Aécio defendeu o economista dos ataques e disse que "Lula, quando assumiu o governo, pediu que Armínio Fraga ficasse mais um tempo no Banco Central", informação negada pelo ex-presidente.

"Lula disse nunca fiz esse convite. É lamentável um candidato falsificar fatos históricos em um debate para a Presidência da República", rebateu Lula, em nota oficial.

Segundo reportagem publicada na "Folha de S.Paulo" em 7 de dezembro de 2002, Lula, dias após vencer a eleição presidencial e ainda sem um nome para presidir o BC, chegou a considerar a permanência de Armínio Fraga no cargo por pelo menos alguns meses. Lula, no entanto, negava publicamente essa hipótese na época e, antes do fim do ano, anunciaria Henrique Meirelles para o lugar de Fraga.

  
Do UOL, em São Paulo
Edmilson Moura.

EXCLUSIVO: BLOG REVELA OS NOMES DA EQUIPE DE FLÁVIO DINO.

Exclusivo :Deu No Blog do Luís Cardoso.
Os Secretários do Governo Flávio Dino

O governador eleito do Maranhão, Flávio Dino, havia antecipado até o momento, apenas quatro nomes que irão compor a sua equipe administrativa. São eles: Marcelo Tavares (Casa Civil), Rodrigo Maia (Procuradoria Geral), Márcio Jerry (Articulação Política) e Ted Lago (Emap).

Mas o Blog revela agora quase a lista completa dos que irão governar com Flávio Dino. Como o leitor irá observar, boa parte é da nova geração e alguns colegas de Maristas, onde ele estudou.

Flavio Dino vai cumprir a promessa de que governadora com as alianças dos partidos que o ajudaram a se eleger.

VEJA ABAIXO A RELAÇÃO DOS NOMES E CARGOS:

Segurança Pública – Jefferson Portela

Comunicação Social – Aline Luise

Ciência e Tecnologia – Sofiani Labidi

Fazenda – Marcellos Figeuira, atual superintendente da Receita Federal no MA, PI e CE, amigo da época de Maristas de Dino

Mulher - Laurinha Pinto

Planejamento – Simão Cirineu

Cultura – Chico Gonçalves

Desenvolvimento Social – Márcio Jardim

Trabalho – Teresinha Fernandes

Educação – O cargo será indicado pelo PDT, desde que tenha um compatível

Agricultura - Márcio Honaise

Industria e Comércio – Milton Calado

Tecnologia e Informação – Marcelo Coelho, indicado por Roberto Rocha

Igualdade Racial – Sílvio Bembem, indicado pela REDE

Saúde – Cresceu o nome do deputado federal Simplício Araújo, tendo como adjunto o oncologista Camargo Lúcio Santos, filho do ex-deputado Gervásio Santos e irmão do Juiz Gervásio Protásio. Ele, o médico foi também do Maristas.

Controladoria Geral – Larissa Abdala, também da época do Maristas.

Sejap – Dutra, tenta se viabilizar e tendo como adjunto Cézar Bombeiro

Cidades, Detran, Meio Ambiente e os demais cargos estão sendo discutidos com os partidos.

Em caso de acontecer algumas indicações que não sejam anunciadas, o Blog informa que nesta relação a margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Fonte: Blog do Luis Cardoso
Edmilson Moura.

Se Dilma vencer, Sarney vai tentar um governo paralelo no Maranhão.


Publicado em 14/10/2014 às 17:19 por johncutrim

Por José Reinaldo Tavares

No meu governo, depois do rompimento, e também no de Jackson Lago, houve um bloqueio financeiro ao estado por parte do governo federal. Quem comandou a ação foi o poderoso senador José Sarney, parceiro prioritário de Lula, que mandava e desmandava, quando o assunto era o Maranhão. Só para ilustrar a questão, o programa Luz para Todos, que foi montado por Dilma, então Ministra de Minas e Energia do governo Lula, em parceria com o meu governo seria anunciado aqui no Maranhão, já que éramos o estado com mais pessoas sem acesso à energia elétrica no país. Contudo, a solenidade foi cancelada na véspera da data acordada para a sua realização.

Foi assim: tudo já estava acertado, quando recebi o telefonema da ministra Dilma que, visivelmente constrangida, cancelava a sua participação no lançamento. Isto se deu porque Sarney, que estava na ocasião em Portugal, fora avisado do lançamento do programa e entrou em contato com ela, ameaçando romper com o governo, caso ela viesse aqui. Isso pode ser encontrado nas páginas dos jornais da época, pois a causa do súbito cancelamento acabou vazando para a imprensa. O que aconteceu depois é o costume padrão em situações como essa: os desmentidos de praxe, alegando problemas na agenda, etc.

Outro exemplo clássico do que falo é o da siderúrgica da Ball Steel, empresa que viria para o Maranhão. Com tudo já negociado, projetos prontos e portfólio financeiro concluído, a empreitada foi abortada e fui avisado por engenheiros da Vale de que ela só se instalaria quando Roseana Sarney assumisse em 2006. Ocorre que ela perdeu a eleição para Jackson Lago e a crise mundial de 2008 acabou tirando a viabilidade do projeto. Dessa forma, o Maranhão perdeu um enorme investimento e os milhares de empregos diretos e indiretos em consequência… Já contei essa história com mais detalhes em outros artigos.

Na verdade, nenhum ministro veio até o Maranhão, um verdadeiro boicote, pois Sarney imaginava que eu acabaria pedindo a ele que amenizasse o cerco ao estado. Entretanto, como preferi investir no equilíbrio financeiro e no aumento da arrecadação, isso me permitiu governar sem precisar de verbas federais, chegando até a fazer investimentos deixando em caixa cerca de R$ 380 milhões e nenhuma dívida para Jackson Lago, que me sucedeu no governo. Isso significa que não tive acesso a nenhum empréstimo ou transferência voluntária por parte do governo federal enquanto fui governador. O único que consegui – o do Bando Mundial – formulado ainda antes do rompimento e destinado ao combate à pobreza, teve sua autorização retida por Sarney no senado durante quase três anos e só saiu com a interferência de senadores de outros estados, estarrecidos e constrangidos com os métodos da oligarquia.

O mesmo bloqueio continuou a acontecer na gestão de Jackson Lago até que conseguiram expulsá-lo do governo. Quem fez isso, todos sabem, foi Sarney com a ajuda da Presidência da República.

A visão dele sobre política é de domínio total, de imposição de poder, sem contemplação com os adversários, tratados como inimigos. Com esses métodos, muitos foram os que se humilharam, voltando vencidos ao grupo. Eu, ao contrário, reagi e enfrentei. Sem ressalvas e sem tergiversar. Sofri muito por isso, mas chego feliz ao momento da mudança.

Se Dilma vencer, Sarney conseguirá manter uma parte do antigo poder e tentará fazer um governo paralelo para atrapalhar Flávio Dino, criando todo o tipo de obstáculos para impedir que nosso futuro governador faça a mudança tão necessária que o povo quer.

Portanto, é muito importante que os maranhenses pensem nisso ao votar, pois a única maneira de dar poder ao cambaleante Sarney é proporcionar que Dilma esteja mais quatro anos à frente do governo do Brasil. Aécio é amigo de Flávio e de Brandão. Além disso, fomos deputados na mesma legislatura e jogamos muitas peladas juntos em Brasília. Em outras palavras, ele não nos é um desconhecido e o mais importante de tudo, jamais servirá a Sarney, a fim de prejudicar o Maranhão.

Isso sem contar que Aécio fez dois governos excepcionais em Minas Gerais deixando uma realidade de contas equilibrada, muito diferente do estado falido que encontrou e em cujas virtudes, entre tantas, figuram avanços em educação e em serviços públicos. Isso sem falar que sempre opta por trabalhar com uma equipe muito qualificada…

E Dilma? Ela será a primeira presidente que terminará seu primeiro mandato deixando o país pior do que quando assumiu. Ou seja, com crescimento nulo, o que prejudicará a oferta de emprego em curto prazo; com inflação manipulada, mas mesmo assim acima da meta; com falta de competitividade da indústria e da economia; com juros altos; com o setor de energia envolto em gravíssimos problemas, éticos e financeiros, tais como a Petrobrás, a Eletrobrás, o programa do álcool, do gás e com ameaça de grandes aumentos de tarifas já neste ano. Diga-se de passagem que o Maranhão já paga a maior tarifa de energia elétrica do país, sem nenhuma explicação convincente para isso…

Somemos a isso a perda da qualidade da educação, a violência que cresce em todo o país, o péssimo sistema de saúde, o sistema de logística sem competitividade a que se convencionou chamar de “custo Brasil”, a baixa da produtividade da economia, etc.

Com efeito, aos maranhenses que tanto lutaram por mudança, nos resta agora completá-la, excluindo qualquer possibilidade de tal esforço ser dificultado.

Diante disso, podemos nos convencer de que votar em Dilma, no Maranhão, é o mesmo que votar em Sarney.

É muito risco!

Fico muito feliz de verificar que fui votado em 214 municípios, entre os 217 do estado. Ninguém mais conseguiu isso.

Fonte: Blog do johncutrim
Edmilson Moura.

Homenagem ao Sr. Leônidas (In memória) de São Luis Gonzaga do Maranhão - Por Layse Maria*

Quem é o Sr. Leônidas, em São Luís Gonzaga do Maranhão? É um homem humilde; simples do interior; honesto; íntegro; trabalhador; sem muita instrução, mas altamente inteligente; responsável; competente; de caráter incontestável; sincero; rígido; comprometido com a verdade; ético, de conduta impecável; brincalhão nos momentos oportunos; solidário com o próximo... 

Compartilhe no Facebook


Um homem que passou por muitas dificuldades e provações, mas teve a sabedoria necessária para se desviar de toda situação que pudesse conflitar com seu propósito de vida, que era simplesmente viver para a família e para o trabalho e cultivar amizades saudáveis. 

Um homem que soube se afastar dos perigos escondidos, das oportunidades que a vida lhe ofereceu que iam de encontro com as suas crenças, os seus valores. 


Um homem que durante toda a sua trajetória andou de cabeça erguida, com a consciência tranquila por está sempre no caminho do bem e com a certeza do dever cumprido. 

Um homem fiel a tudo aquilo que acreditava, a seus princípios. 

Um homem transparente, verdadeiro, que falava o que pensava com firmeza, sem vacilar, olhando no olho e que era incapaz de tirar vantagem do outro, em qualquer situação. 

Um homem para o qual os conceitos de “certo” e “errado” eram fixos, não existia meio termo. Certo é certo e errado é errado, sem adendos!!!!! 

Um homem sem grandes ambições, que só colocava a perna onde era possível alcançar. 

Um homem bom, honrado, exemplar, de valor incalculável... São essas características que o definem. Esse é o meu Pai, esse é o nosso Pai!!!! 

Quem são, em São Luís Gonzaga? 

Leonardo, Lenoir (Maninho, Alemão), Lenar (Moro), Luzelena (Luza), Línton (Alemão), Layse (Lalá), Lígia, Lindson (Chico), Lucélia, Leylane e Leonilton (Léo)? 

São os filhos do Sr. Leônidas. O seu bem mais precioso, como ele mesmo me disse certa vez, por ocasião de uma situação desagradável/desconfortável que passei em tempos remotos, guardada apenas nas nossas mentes... 

Quem é dona Aparecida, em São Luís Gonzaga? 

É a esposa do Sr. Leônidas. 

É esse referencial que define a nossa família. É o nosso lugar no mundo, o nosso alicerce, a nossa fortaleza. 

Somos todos privilegiados, por termos recebido esse DNA, pelos ensinamentos rigorosos que nos foram transmitidos e que moldaram/determinaram a nossa personalidade, pelas correções acertadas e oportunas, pelo “não” proferido muitas vezes, sempre nos momentos certos, pelo “sim”, dito apenas quando era viável. 

Esse é o nosso legado, a herança que ele nos deixou e que devemos repassar para os nossos filhos, netos, bisnetos... 

Saudades eternas da sua esposa, filhos, netos, bisnetos, noras, genros, demais parentes e amigos. 

Descanse em Paz, meu Pai!!!! 
______________________ 
Layse Maria da Silva (filha) 


Do: http://feeds.feedburner.com/CastroDigital