ANUNCIE AQUI 01

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 02

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 03

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 04

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 05

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

No passo da tartaruga.

 Da seria o blog mostrando o descaso do gestor municipal para com as coisas públicas. Assim diz a sabedoria popular, onde não tem onça veado escaramuça, ou seja, na cidade onde os vereadores não tem voz e nem vez, o prefeito fica a vontade, que é o caso de São Luis Gonzaga. A reforma desse posto de saúde teve inicio  no dia 06 de janeiro de 2015, para ser concluída no prazo de 120 dias, e no entanto depois de amanhã dia 06 de julho completará  150 dias e está assim como se vê na foto talvez pela metade, e sem esquecer de dizer que a obra está parada há dias.  

Nota de utilidade pública

Da serie o blog mostrando as irresponsabilidades administrativas do gestor  municipal para com os munícipes. Desde o dia 10 de junho quando incendiou esse painel que vemos na foto, que  pertence a companhia telefônica Oi, que estamos sem serviços bancários, sem serviços do correio, serviços telefônicos, sem internet etc. Sabemos que tudo de ruim que afeta a população de um município, é de inteira responsabilidade do gestor municipal tomar a frente e fazer com que o problema seja resolvido o mais rápido possível, foi pra isto que o povo o elegeu. Alô senhor prefeito, tenha mais respeito e responsabilidade com quem lhe paga um gordo salário.       

DEPUTADOS MARANHENSES QUE VOTARAM A FAVOR E CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE



Dos 18 parlamentares que compõem a bancada federal-MA. Os votos maranhenses foram os seguintes: André Fufuca (PEN), Alberto Filho (PMDB), Aluísio Mendes (PSDC), Cléber Verde (PRP), Hildo Rocha (PMDB), João Castelo (PSDB), José Reinaldo Tavares (PSB) Júnior Marreca (PEN), Juscelino Filho (PRP) e Waldir Maranhão (PP) votaram a favor da redução da maioridade penal. E os deputados João Marcelo (PMDB), Pedro Fernandes (PTB), Sarney Filho (PV), Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (PPS), Zé Carlos (PT) e Rubens Jr. (PCdoB) votaram contra a mudança.

Não há como ignorar os votos dos ex-governadores João Castelo e José Reinaldo Tavares. Com a experiência de terem o problema da violência sob sua responsabilidade quando governaram o Estado, Castelo e Tavares deram votos em tese consistentes, partindo-se do pressuposto de que conhecem os dois lados da moeda, sendo, portanto, difícil contestá-los. Aluísio Mendes descarregou no seu voto a visão de agente federal que enfrentou a violência no dia a dia como fundador e chefe do GTA e secretário de Segurança Pública.  Difícil identificar o que motivou os votos de Cléber Verde, Hildo Rocha e Júnior Marreca. Mais complicado ainda é compreender os votos dos deputados Fufuca Dantas e Juscelino Filho, dois jovens que acabaram de sair da adolescência sem passar a ideia de que a compreendem. Estranha, muito estranha, a mudança de posição de Waldir Maranhão, que é professor universitário.

O deputado João Marcelo, que é sociólogo por formação, votou contra a redução da maioridade penal. O deputado Pedro Fernandes não apenas votou contra, como fez campanha contra a PEC aprovada ontem. Na mesma linha atuou o deputado Sarney Filho, que liderou a bancada do PV no esforço para derrubar a proposta. O deputado Rubens Jr. se perfilou com a bancada do PCdoB, pregando voto contra. A deputada Eliziane Gama se movimentou intensamente contra a mudança, inteiramente identificada com a bancada do PPS. O mais ativo no plenário foi o deputado Weverton Rocha, que não apenas usou todos os espaços de articulação para inviabilizar a PEC, mas também foi uma das vozes a contestar, com muita ênfase, a manobra do presidente Eduardo Cunha.

Resta agora aguardar o segundo turno na Câmara, para depois saber como votarão os três senadores maranhenses.

Pois é para virar lei, o texto ainda precisa ser apreciado mais uma vez na Casa e, depois, ser votado em outros dois turnos no Senado.

Isso ainda vai dar muitos panos para as mangas.

Edmilson Moura.

DESEMBARGADORA ANGELA SALAZAR TOMA POSSE COMO MEMBRO DO TRE-MA


Desembargadora Angela Maria Moraes Salazar foi empossada membro substituto do TRE-MA na tarde desta quarta-feira, 1º de julho de 2015, membro substituto do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão na categoria desembargador em ato comandado pelo desembargador Guerreiro Junior (presidente) e prestigiado pelos desembargadores eleitorais Eulálio Figueiredo (ouvidor) e Daniel Leite.

A desembargadora foi eleita para o cargo na sessão plenária administrativa do dia 24 de junho do Tribunal de Justiça. Ela preenche a vaga deixada pelo desembargador Lourival Serejo que foi eleito membro efetivo e assumiu em 25 de fevereiro de 2015 a Corregedoria e vice-presidência do TRE-MA.

Nascida em São Luís Gonzaga do Maranhão, filha de Benedito Salazar e de Maria da Conceição Moraes Salazar, formou-se em Direito e Serviço Social pela UFMA e tem MBA em Poder Judiciário pela Fundação Getúlio Vargas e em Ciências Criminais pelo Uniceuma.

Antes de ser promovida pelo critério de merecimento desembargadora do TJMA em 16 de outubro de 2013, Salazar exerceu as atividades de delegada de polícia, promotora de justiça e juíza.

Fonte: TRE-MA.
Edmilson Moura.

PREFEITO ZÉ ALBERTO VELOSO ASSINA TERMO DE ADESÃO PARA REFORMA E HOMOLOGAÇÃO DO AEROPORTO DE BACABAL-MA


Dos 11 aeroportos do Estado incluídos no Programa de Aviação Regional, nove passarão a ser administrados pelo governo estadual e não mais pelo município, como ocorre atualmente. As alterações fazem parte do Plano Geral de Outorgas, documento que define regras para a administração dos aeroportos regionais.

Por possuírem PIB anual acima de R$ 1 bilhão, apenas Balsas e Pinheiro poderão pleitear a gestão de aeroportos.

Para que o novo plano possa ser colocado em prática, os prefeitos dos municípios contemplados assinaram um Termo de Adesão ao Programa de Aviação Regional em que serão investidos R$ 270.000.000,00 com reformas que incluem melhorias da pista, iluminação e toda a logística necessária para que os Aeroportos ofereçam segurança e conforto aos usuários.

Assinatura dos contratos se deu na tarde desta quarta-feira (1º) no Salão de Atos do Palácio dos Leões, em São Luís, com a presença do Vice-governador Carlos Brandão.

Dos 11 prefeitos convocados compareceram apenas Léo Coutinho, de Caxias; Sebastião Madeira, de Imperatriz; Filuca Mendes, de Pinheiro; Rochinha, de Balsas; e Zé Alberto Veloso; de Bacabal.

“A homologação e reforma do nosso aeroporto vai ser muito bom para Bacabal, vai gerar emprego, vai trazer mais desenvolvimento e melhorar a nossa economia” disse o prefeito Zé Alberto Veloso ao assinar o Termo de Adesão.

Fonte: Da Assessoria da Prefeitura de Bacabal-MA.
Edmilson Moura.

Obras em homenagem a pessoas vivas serão renomeadas em 50 cidades do MA

Escola-Roseana-Sarney
Em cumprimento a recomendação da Procuradoria da República, o governador Flávio Dino assinou decreto que determina a ocultação ou remoção de inscrições com nomes de pessoas vivas em prédios públicos sob administração ou pertencentes ao Poder Executivo do Estado do Maranhão. Os novos nomes serão sugeridos pelas Secretarias de Estado responsáveis por cada pasta, observando os critérios de que o homenageado já tenha falecido, probidade e relevante contribuição ao campo temático da pasta ao prédio pertence.
A partir de 2015, 50 cidades do Maranhão determinadas pelo Ministério Público Federal passarão por modificação nos nomes de prédios estaduais que contiverem inscrições, gravuras, pinturas, letreiros, faixas, placas, cartazes ou qualquer outra forma de identificação por nome de pessoa viva atribuído a bens públicos de qualquer natureza. A orientação do MP destaca o cumprimento de Lei 6,454/77, que veda homenagem a pessoas vivas em logradouros públicos em todo o território nacional.
O decreto assinado na tarde desta terça (30) dispõe que unidades educacionais e de saúde, museus, bibliotecas, sedes de repartições e serviços públicos, prédios, monumentos, ginásios, estádios, autarquias, fundações, institutos e quaisquer logradouros públicos (praças, ruas, avenidas, travessas, pontes, bairros, vilas, distritos, parques), bem como obras públicas nessas cidades não poderão conter nome de pessoas vivas.
A primeira orientação partiu da Procuradoria de Caxias, em 13 de agosto de 2014, quando o Governo do Estado foi pela primeira vez notificado para o cumprimento da orientação. Em 4 de março de 2015, foi a vez da Procuradoria Federal em Bacabal fazer a recomendação ao Governo do Maranhão. O não cumprimento de tais recomendações do MP resultariam em ações judiciais ao Estado e às autoridades políticas competentes.
Para modificar os nomes de prédios ou instituições relacionadas ao Executivo Estadual, cada secretaria deverá propor ao Governo do Maranhão o nome a substituir o homenageado atual, num prazo de 60 dias. No caso de nomes de pessoas naturais, necessariamente já deverão ter falecido, devendo-se priorizar pessoas da comunidade ou personagens notáveis por seus exemplos de ética, probidade e relevante contribuição ao campo temático que tenha afinidade com a destinação do bem a ser denominado.
A região da circunscrição de Caxias abrange, além da própria cidade de Caxias, os municípios de Afonso Cunha, Aldeias Altas, Barão do Grajaú, Buriti Bravo, Codó, Coelho Neto, Duque Bacelar, Gonçalves Dias, Governador Archer, Governador Eugênio Barros, Lagoa do Mato, Matões, Nova Iorque, Parnarama, Passagem Franca, Pastos Bons, São Domingos do Azeitão, São Francisco do Maranhão, São João do Soter, São João dos Patos, Senador Alexandre Costa, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, Timbiras e Timon.
Já a regional de Bacabal possui como integrantes os demais 23 municípios, que são: Altamira do MA, Alto Alegre do MA, Bom Lugar, Brejo de Areia, Conceição do Lago-Açu, Esperantinópolis, Igarapé Grande, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, Lago Verde, Lagoa Grande do MA, Olho d’Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Peritoró, Pio XII, Poção de Pedras, São Luís Gonzaga do MA, São Mateus do MA, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, Satubinha e Vitorino Freire.

Do: http://marrapa.com/

MAIORIDADE GERA CONFUSÃO NA CÂMARA E DEPUTADO É DERRUBADO EM TUMULTO


O deputado Heráclito Fortes (PSB-PI) foi derrubado nesta terça-feira (30) em um dos acessos ao salão verde da Câmara durante uma manifestação contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal em casos de crimes graves. No momento do tumulto, dezenas de estudantes criticavam as limitações de acesso às galerias do plenário da Casa.

Fortes foi cercado pelos manifestantes no saguão do Anexo 2, prédio que tem ligação com o corredor que dá acesso ao plenário principal da Câmara. Policiais legislativos tentaram garantir o acesso do parlamentar do PSB. Porém, em meio à confusão, um dos estudantes o empurrou. O deputado caiu no chão e ficou estirado por alguns segundos, mas, com o auxílio de seguranças, se levantou e cruzou rapidamente a porta que dá acesso ao corredor.

Policiais legislativos chegaram a utilizar spray de pimenta para conter um grupo de manifestantes ligado à União Nacional dos Estudantes (UNE) e à União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) que tentou forçar a entrada na Câmara pela portaria do Anexo 2. Após o princípio de confronto, a área foi isolada por brigadistas

Câmara rejeita redução

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira dia 30 de junho de 2015, o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos nos casos de crimes graves.

Para ser aprovada, a PEC precisava de ao menos 308 votos favoráveis – equivalente a 3/5 do número total de deputados –, mas somente 303 deputados foram a favor. Outros 184 votos foram contra e houve 3 abstenções.

Apesar da derrubada da matéria, a Casa ainda precisará votar o texto original, que reduz a idade penal para 16 anos em qualquer crime. De acordo com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a votação deverá ser retomada na próxima semana ou depois do recesso parlamentar de julho. Se a matéria for rejeitada outra vez, a proposta será arquivada.

Pela proposta ou a PEC, poderiam ser penalizados criminalmente os jovens com 16 anos ou mais que cometessem crimes hediondos (como latrocínio e estupro), homicídio doloso (intencional), lesão corporal grave, seguida ou não de morte, e roubo qualificado. Eles deveriam cumprir a pena em estabelecimento separado dos maiores de 18 anos e dos adolescentes menores de 16 anos.

A rejeição da PEC foi comemorada por cerca de 200 manifestantes ligados à União Nacional dos Estudantes (UNE) e à União Nacional dos Estudantes Secundaristas (UNES)  que acompanharam a sessão das galerias do plenário. Eles gritaram palavras de ordem e repetiram o grito “não, não, não à redução”.

(Com informações do G1)

Edmilson Moura.

“VINICIUS LOURO É UM BATEDOR DE CARTEIRA E METE A MÃO NO DINHEIRO DO POVO”, DISPARA SIMPLÍCIO

Clique para obter Opções  Clique para obter Opções


A citação do título deste post de autoria do ex-deputado federal, Simplício Araújo atual Secretário de Indústria e Comércio do Estado foi o resultado de uma discussão em um grupo de WhatsApp intitulado “Disputando o voto de 2016”, da Cidade de Pedreiras.
A conversa que parecia inicialmente seguir só nas indiretas, logo esquentou e partiu para agressões verbais e acusações graves, até criminais.
 Tudo começou quando o deputado estadual playboy – filinho de papai – Vinicius Louro(PR) insinuou que Simplício Araújo faturou alto como empresário na secretaria de saúde do governo Jackson Lago.
A discussão inflamada por um empresário das comunicações local ruim de voto, teve resposta do presidente estadual do Solidariedade ao parlamentar do Palácio Manuel Beckman.
– Como disse, vocês [Vinicius e Raimundo Louro] agem com batedores de carteira. Metem as mãos nas emendas do povo de Pedreiras que negociaram com Santo Antônio dos Lopes e ainda vêm querer chamar os outros de ladrão – desabafou o secretário de estado.
Simplício ainda aproveitou o calor da discussão para detonar o pai de Vinicius, o ex-deputado estadual Raimundo Louro, a quem taxou de gigolô.
  Gigolô é teu pai rapá, que passou a perna numa senhora indefesa e adoentada num leito de hospital – completou Simplício Araújo.
 Um participante do grupo que acompanhava a conversa de baixíssimo nível dos políticos, logo resumiu o que estava acontecendo:
– Enquanto eles brigam, Pedreiras vai ficando de fora. Porque não juntam forças e brigam pela Cidade?! – disse também via mensagem de WhatsApp.

Fonte: Blog do Domingos Costa
Edmilson Moura.

FLÁVIO DINO RECEBE PROPOSTAS DE PREFEITOS

Clique para obter Opções

  O governador Flávio Dino recebeu no Palácio dos Leões, os prefeitos que fazem parte do Consórcio Público Intermunicipal das Mesorregiões Norte e Leste Maranhense – Conleste. O encontro foi marcado pelo apoio do Estado no fortalecimento dos municípios e do desenvolvimento regional, bem como ações de cooperação entre os governos estadual e municipais.
Na ocasião, o Conleste entregou ao governador Flávio Dino um acordo de cooperação e desenvolvimento que ratifica o “sentimento de profunda confiança e solidariedade institucional com os projetos e propostas emanados do novo governador e do novo Governo do Maranhão”. O pacto prevê a participação do Consórcio na concepção de políticas públicas, no diálogo permanente e na colaboração com ações do Estado.
Para Flávio Dino, o encontro foi uma oportunidade importante para a comprovação do compromisso com o desenvolvimento regional e para transmitir aos prefeitos as diretrizes e orientações pelas quais será possível a celebração de parcerias com o Governo do Estado. “É fundamental ouvir as reivindicações legítimas dos gestores municipais, sobretudo relativas à retomada e início de obras e serviços públicos que as comunidades precisam”, destacou.
“E Ano passado, durante edição do Diálogo Municipalista, em São Luís, o governador Flávio Dino pediu que a FAMEM seja a interlocutora dos municípios junto ao seu governo. E este trabalho que estamos fazendo ao promovermos reuniões com gestores de todas as regiões do Maranhão”.

Edmilson Moura.

Líderes políticos.

Irei fazer um pequeno relato sobre os principais líderes políticos de nosso município. Conversando sem qualquer compromisso  com pessoas de nossa cidade, no que tange a política local, principalmente quando o assunto é a oposição percebe-se a tristeza e o desanimo no semblante dessas pessoas. Porque sabemos que, o senhor  Quinco não é inimigo de São Luís Gonzaga, o senhor Walter não é inimigo de São Luís Gonzaga, o Dr. Junior não é inimigo de São Luís Gonzaga.  Entretanto sabemos que, os inimigos de São Luís Gonzaga, chamam-se Emanuel e Maria José Carvalho. O que estamos querendo dizer é, que se os três principais líderes da oposição  continuarem com a mesma atitude de fazer sua política individual, e não se unirem para  libertar a população das garras desse casal mal aceito pela grande maioria dos munícipes, estão sim, se declarando inimigos de São Luís Gonzaga também. E o que deixa as pessoas  as vezes até revoltadas é ter a certeza  que essa  tal união jamais acontecerá. E se realmente a união  não acontecer como das ouras vezes, é mesmo que está entregando novamente o povo gonzaguense para mais alguns anos de suplício.   

SENADOR JOÃO ALBERTO VAI DESCARTAR ZÉ ALBERTO EM BACABAL-MA


O presidente do Diretório regional do PMDB do Maranhão, senador João Alberto, reafirmou que seu candidato em Bacabal é o atual prefeito Zé Alberto, mas condicionou seu apoio ao desempenho dele nas pesquisas que serão feitas a partir do próximo ano.

“Em Bacabal, o meu candidato é o Zé Alberto, mas desde que ele tenha condições. Lá na frente, faremos uma pesquisa e quem estiver melhor posicionado vai concorrer as eleições no município, isso foi um acordo feito por nós”, revelou o senador em entrevista ao jornalista e blogueiro Diego Emir.

Ora, para um bom entendedor as declarações de João Alberto retratam sua disposição em apoiar seu aliado. Se fosse seu candidato real, diria que vai entrar desde já na campanha e ajudar com emendas e projetos a cidade que lhe abraçou como filho, e até colaborar com a gestão.

Não, o senador prefere deixar seu aliado caminhando feito um vaqueiro tocando a boiada sem rumo e nem direção, Zé Alberto só tem como adversário declarado ele mesmo, até porque o restante não lhe incomoda e nem existe.

Mas ele deve ficar de olho no seu capataz que sabe como ninguém derrubar qualquer um do cavalo.

Fonte: Luis Cardoso
Edmilson Moura.

O CREA-MA.

Da serie o blog mostrando as obras públicas inconclusas e abandonadas pela a administração Carvalho que se autodenomina  governando com responsabilidade. Esta é uma obra custeada pelo governo federal que serviria  a comunidade, mas pelo que se conhece do governo local podemos dizer que até agora somente serviu  as suas próprias conveniências. Repito, fazemos estas ilações porque conhecemos muito bem as formas  com as quais os Carvalhos administram o nosso município, sem o mínimo de transparência.    

Prefeito marcha lenta.

Da serie o blog mostrando as obras que são construídas a passo de tartaruga. Esta obra foi iniciada no dia 5 de janeiro para ser concluída no prazo de  180 dias que irá completar no dia 5 do próximo mês, ou seja, está faltando 7 dias para a entrega da obra será que dá tempo? Veja como é a picaretagem desses lambanceiros, esse obra está parada a um bom tempo, mas para dá a impressão de que estão trabalhando, e como é tudo fechado ninguém entra, eles colocam uma pessoa todos os dias lá dentro para fazer barulho, ou seja, batendo com martelo em caixotes, cerra  taboas, bate  em balde velho, etc. quem passa na rua acha mesmo que tem um grupo de operários trabalhado, só migué.        

STF aceita delação do dono da UTC/Constran e pode colocar Roseana/Lobão atrás das grades

STF aceita delação do dono da UTC/Constran e pode colocar Roseana/Lobão atrás das grades

Roseana-Sarney-Estados-Unidos-520x363-1






Blog do Garrone – Se já estava complicado para Lobão e Roseana agora complicou muito mais com a decisão do STF em aceitar o acordo de delação premiada de Ricardo Pessoa, dono das empreiteiras UTC e Constran, preso pela Polícia Federal na operação Lava Jato.
As revelações de Pessoa podem ir além da denúncia da contadora do doleiro Alberto Youssef, Meire Poza, de que a Constram teria recebido o precatório de R$ 110 milhões depois de pagar propina para ex-governadora Roseana Sarney.
O empresário é apontado como líder do cartel de empresas que atuava na Petrobras e que envolvia pagamento do faz-me-rir a políticos
Nas negociações para o acordo de delação premiada, Pessoa disse que deu R$ 1 milhão para o senador Edison Lobão (PMDB), à época em que este ocupava o Ministério de Minas e Energia, para não criar empecilhos na obra da usina nuclear de Angra 3.
A UTC conquistou um dos contratos da usina nuclear, obra estimada em R$ 2,9 bilhões, em consórcio formado com a Odebrecht, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez.
Todas investigadas pela Lava Jato sob suspeita de terem pago propina para conquistar contratos da Petrobras.
Não é preciso ser um Einstein para calcular que Pessoa tem conhecimento das negociações para a contratação de empresas para fazer a terraplanagem da refinaria em Bacabeira, onde foi gasto R$ 1,5 bilhão, sem que o projeto tenha saído do papel.
O consórcio Galvão-Serveng-Fidens foi o beneficiado com a “obra”.
A Galvão Engenharia é investigada pela Polícia Federal e Ministério Público Federal por suposta participação no esquema de corrupção que envolvia o superfaturamento nos contratos da Petrobras e no pagamento de propina para políticos e funcionários da petrolífera.
É aí que Ricardo Pessoa pode complicar a dupla Roseana/Lobão.
O custo previsto para a construção da refinaria em Bacabeira era de R$ 20 bilhões, dinheiro suficiente para que o Cartel não deixasse que a obra fugisse do seu controle.
Se a ex-governadora e o ex-ministro apostavam suas fichas nas contradições entre Youssef e o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, sobre a doação de dinheiro sujo para a campanha de Roseana em 2010, com a delação premiada de Ricardo Pessoa, é melhor reservarem a escova de dentes para manter a higiene em uma possível temporada atrás das grades.

Do: http://marrapa.com/

AUTOR DE HABEAS CORPUS DE LULA DIZ...



Apertei a mão dele uma vez', diz autor de habeas para Lula. Por Julia Affonso, Fausto Macedo, Ricardo Brandt e Valmar Hupsel Filho.

Quando os advogados não conseguem resolver certos problemas, eles me chamam", afirma Mauricio Ramos Thomas (foto) Consultor e o Ex-presidente Lula.

Mauricio Ramos Thomas, de 50 anos, residente em Campinas (SP) se apresenta como consultor. Na tarde de quarta-feira, 24, ele entrou com um pedido de habeas corpus preventivo para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A medida, segundo ele, busca impedir que o petista seja preso, caso alguma ordem  neste sentido seja expedida contra o ex-presidente no âmbito da Operação Lava Jato.

"Quando os advogados não conseguem resolver certos problemas, eles me chamam", afirma.

Ele contou que já havia impetrado um habeas corpus em favor do ex-diretor da área Internacional da Petrobrás Nestor Cerveró. Diz ainda que estudou ingressar com o mesmo pedido em favor do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Ambos estão presos na Lava Jato, por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro.

No caso de Vaccari, o consultor afirma que desistiu, porque o petista tem como defensor o criminalista Luiz Flávio Borges D'Urso.

ESTADÃO: O sr. pediu habeas corpus para o ex-presidente Lula?

MAURICIO RAMOS THOMAZ: Sim, fui eu que pedi.

ESTADÃO: Por quê?

MAURICIO RAMOS THOMAZ: Basicamente, porque eu sou paranaense, mas odeio o Paraná. Eu tenho vários casos no Paraná e todos os casos no Paraná tem maluquice. Todos os meus casos no Paraná tem maluquice, seja eu com autor, seja eu como réu. Não réu penal, réu civil. Existe uma ameaça concreta de que o Lula pode ser preso. O Sérgio Moro já atuou no Mensalão, caso você não saiba.

ESTADÃO: Conhece Lula?

MAURICIO RAMOS THOMAZ: Apertei a mão dele uma vez em 1982, 1983, sei lá o quê.

ESTADÃO: O sr. é filiado a algum partido?

MAURICIO RAMOS THOMAZ: Não. Eu voto no PT e voto sempre no Ivan Valente, do PSOL. Mas veja bem, não tem nada a ver (o habeas corpus) com política, não. Quando eu acredito numa coisa, eu faço a coisa, entendeu? Eu já fiz para várias pessoas, de graça. Quando eu acredito, eu faço.

ESTADÃO: Já tinha pedido habeas corpus para outras pessoas?

MAURICIO RAMOS THOMAZ: Eu tinha pedido para o Nestor Cerveró. Impetrei e está para ser julgado. Só que estão dando um jeitinho lá, como estão dando um jeitinho no Supremo. Ninguém sabe essas coisas. A única pessoa que conseguiu alguma coisa no Mensalão fui eu. Mas ninguém sabe disso.

Fonte: ESTADÃO
Edmilson Moura.

BRASIL TEM QUARTA MAIOR POPULAÇÃO CARCERÁRIA DO MUNDO.


A Foto: É da Agência Brasil. Pois é o aumento  ocorre na contramão dos três demais países. O  crescimento é de 7% ao ano no número de prisões, a população carcerária no país. Brasil, já atinge 607.731 pessoas -é a quarta maior do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Rússia. Os dados fazem parte de novo relatório do Infopen (Sistema Integrado de Informações Penitenciárias). É a primeira vez que o estudo realiza a comparação dos dados com outros países, segundo o Ministério da Justiça.

O documento, que reúne dados de junho de 2014, mostra um crescimento de 161% no total de presos desde 2000, quando o país contabilizava 233 mil pessoas no sistema prisional. Um aumento que ocorre na contramão dos três demais países: nestes locais, a redução é de até 24% entre 2008 e 2014, segundo o relatório, que utiliza dados do IPCS (Internacional Center for Prison Studies).

Se mantiver esse ritmo, o país terá cerca de 1 milhão de presos em 2022. Da mesma forma, uma em cada dez pessoas estará presa em 2075, projeta o estudo. Com o crescimento na população prisional, o Brasil já soma cerca de 300 presos por 100 mil habitantes. Em dez Estados, no entanto, essa proporção é ainda maior: no Mato Grosso do Sul, por exemplo, há 569 presos a cada 100 mil habitantes. Em São Paulo, o índice é de 497.

PRISÕES LOTADAS

Ao mesmo tempo em que prende mais, o Brasil também mantém um número maior de presos em unidades já lotadas.

Em 2014, havia 376.669 vagas disponíveis em 1.424 unidades para abrigar toda a população carcerária do país, ou cerca de 1,6 presos por vaga. Isso significa que, em um espaço planejado para dez pessoas, há em média hoje 16 presos.

Apesar disso, ao menos um quarto das unidades prisionais, ou 25% do total, tem hoje mais de dois presos para cada vaga, uma proporção acima da média nacional.

O levantamento mostra ainda que, embora todos os Estados tenham, em geral, um número de presos superior ao de vagas, há também uma má distribuição das ocupações nestes locais. Em Pernambuco, por exemplo, metade das unidades prisionais não tem déficit de vagas. Ainda assim, 95% dos presos no Estado estão em unidades lotadas.

DESCOMPASSO

O estudo também aponta um descompasso entre o tipo de unidades e os presos abrigados. Apesar da metade das unidades serem destinadas a presos provisórios -que são quatro em cada dez presos do país-, 84% delas também abrigam condenados.

Ao mesmo tempo, 80% das unidades construídas para abrigar apenas presos em regime fechado também abrigam outros pessoas que cumprem outros tipos de regime.

O relatório aponta também que a política de expansão de vagas, registrada nos últimos anos, embora tenha reduzido o deficit, não tem sido suficiente para recuperá-lo. Hoje, a estimativa é que faltam 231.062 vagas no sistema.

PERFIL DOS PRESOS

O estudo também traz um perfil dos presos no país. Em 2014, conforme os dados mais recentes disponíveis, quatro em cada dez presos eram provisórios, ou seja, estavam detidos sem terem ainda sido julgados.

Outra parte, ou 41% do total, eram de presos que cumpriam regime fechado, e outros 15% e 3%, em regime semiaberto e aberto, respectivamente.

Cerca de 56% dos presos são jovens, com 18 a 29 anos. Ainda segundo o estudo, dois em cada três são negros, e metade da população prisional não frequentou ou tem ensino fundamental incompleto.

Quatro em cada dez registros são de crimes contra o patrimônio, como roubos e furtos. Homicídios constam em 14% dos registros que levaram às prisões, e latrocínios, a 3%.

Edmilson Moura.

Ângela Salazar e Ricardo Dualibe são eleitos membros substitutos do TRE-MA


eleição de membros (1)
Os desembargadores Ângela Salazar e Ricardo Dualibe foram eleitos membros substitutos na categoria desembargador para o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, em sessão plenária administrativa do Tribunal de Justiça do Maranhão, nesta quarta-feira (24).
Os dois magistrados preenchem os cargos vagos pelos desembargadores Lourival Serejo, que assumiu a Vice-presidência e Corregedoria, e Raimundo Barros de Sousa, que teve o seu biênio encerrado.
Na mesma sessão, foi definida a lista tríplice para membro substituto do TRE-MA na categoria “jurista”, em decorrência da vaga deixada pelo advogado Eduardo Moreira, que foi escolhido pela presidente da República, como membro efetivo da Corte eleitoral maranhense.
A lista, formada pelos advogados Pollyana Freire, Daniel Bonfim e Frederico Lima, será encaminhada ao TRE, que enviará ao TSE para posterior escolha pela presidente da República.

Do: http://luispablo.com.br/